CONSULTA ONLINE

O Portal Saúde coloca à sua disposição um serviço gratuito de esclarecimento do que é a saúde mental e como a pode melhorar.

  » novo registo
» recuperar password
HOME SOBRE NÓS CONTACTOS ADICIONAR REGISTO
Sábado, 19 de Agosto de 2017 | 41 visitantes online
 
  • Pesquisa
  • Pesquisa Avançada
Palavra, frase, empresa  
Actividade *
Localidade *
 

Boletins Clínicos

Gota

A gota corresponde a uma alteração do metabolismo purínico, caracterizado clinicamente por crises agudas e recorrentes de artrite e evolução para lesões articulares e periarticulares permanentes.

A gota deve-se a uma alteração orgânica provocada por um metabolismo irregular das nucleoproteínas, das quais o ácido úrico é o produto final. Quando o ácido úrico, que normalmente circula no sangue, aumenta devido a uma intensificação da eliminação, uma parte deste ácido fica depositado em alguns tecidos (sobretudo nas articulações, especialmente nas dos dedos dos pés).

A gota é um dos mais típicos exemplos de diáteses, ou seja, de uma tendência constitucional para uma doença. A tendência da gota, que, com frequência, se transmite de pais para filhos, é acentuada por disfunções alimentares, como seja a ingestão em excesso de alimentos com base de carne e vísceras de animais (fígado, rim), que provocam o aumento da introdução de nucleoproteínas, e pela vida sedentária.

O frio e a humidade influenciam, sobretudo, o aparecimento dos acessos. A gota atinge mais frequentemente os homens do que as mulheres e manifesta-se preferencialmente na idade adulta.

A doença, na forma aguda, é caracterizada por dores muito fortes, quase sempre precedidas de mal-estar geral, cansaço, alterações digestivas, cefaleias, palpitações nocturnas. O acesso surge em regra durante a noite, com dores violentas nas articulações do primeiro dedo do pé, e é acompanhado de febre, por vezes elevada.

Na zona atingida há rubor e tumefacção, seguidos de leve descamação acompanhada de prurido. Ás vezes, o acesso é menos violento e manifesta-se por uma dor surda em várias articulações (mãos, joelhos, ombro, vértebras).

Quando a gota aguda se torna crónica, observa-se tumefacção permanente e mobilidade reduzida das articulações atingidas (sobretudo dos dedos, que se podem deformar).

A gota crónica é caracterizada pelo aparecimento nos tecidos articulares, nos músculos e nos tendões, dos chamados tofos, tumefacções provocadas por aglomerações de sais de ácido úrico (uratos) unidos a outras substâncias.

Voltar

Anúncios Portal Saúde

O Portal Saúde coloca à sua disposição um serviço totalmente gratuito de anúncios. Aqui poderá colocar anúncios de oferta e procura de emprego ou outros, desde que relacionados com a área da saúde. Terá apenas de efectuar o registo aqui. Caso já seja um utilizador registado, por favor introduza o seu nome de utilizador e palavra passe.